terça-feira, 25 de agosto de 2015

“Um bico para velhos palhaços” abre Festluso no Theatro 4 de Setembro

 http://www.piaui.pi.gov.br/noticias/index/id/21420

 25/08/2015 10:47

O Festluso, este ano, traz 18 grupos de seis países.
                            Juliana Nogueira


Lepo, Nico e Lipo são os personagens que dão o tom ao espetáculo
 “Um bico para velhos palhaços”, do grupo Harém de Teatro. (Foto:Ascom Secult)


O governador Wellington Dias e o secretário estadual da Cultura, Fábio Novo, participaram da solenidade de abertura do Festluso. ( Foto: Ascom Secult)

Três “velhos” palhaços que buscam um emprego temporário e se divertem ao recordar as histórias do passado. Lepo, Nico e Lipo são os personagens que dão o tom ao espetáculo “Um bico para velhos palhaços”, do grupo Harém de Teatro. A peça, que revela o talento dos atores e a trajetória do grupo ao longo de 30 anos, abriu o Festival de Teatro Lusófono 2015, na noite dessa segunda-feira, no Theatro 4 de Setembro.

O governador Wellington Dias e o secretário estadual da Cultura, Fábio Novo, participaram da solenidade de abertura do Festluso que, neste ano, traz 18 grupos de seis países. “É um intercâmbio fantástico. Queremos propor o desafio de realizar o Festluso anualmente, com uma programação que pode ser estendida a outras cidades do Piauí”, diz o secretário estadual da Cultura, Fábio Novo, que aproveitou o momento para agradecer a dedicação do grupo Harém de Teatro com a realização do Festival.

“Temos que apoiar esse projeto. Até o dia 30, vários espetáculos vão ser realizados em Teresina, inclusive nas ruas, tudo gratuito. Nós é que temos que agradecer ao Harém pelo projeto, tão bom para o Piauí”, completa Fábio Novo.


Espetáculo “Um bico para velhos palhaços” abre o Festluso 2015. ( Foto: Ascom Secult)


O governador Wellington Dias também destaca a importância de levar essa efervescência cultural para outros municípios do estado. “Temos a compreensão da importância da cultura e do apoio do Governo do Estado nesse momento tão grandioso. Vida longa ao Festival”, afirma Wellington Dias.

O Festluso 2015 homenageia o ator e dramaturgo Tarciso Prado, que também já esteve à frente da direção do Theatro 4 de Setembro. Na solenidade, Tarciso foi representado por sua esposa, Eveline de Melo Prado, que leu, emocionada, um discurso escrito pelo marido, especialmente para a abertura do festival. “A emoção venceu o velho ator. Tudo que eu queria era assistir o Festluso deste ano. Sou todo agradecimento pela homenagem, queridos filhos do coração [se referindo aos integrantes do grupo Harém]. Feliz Festluso”, dizia.

O coordenador do Festluso, Arimatan Martins, também falou um pouco do homenageado e que, ao conhecê-lo, se apaixonou pelo teatro e virou um “mestre de almas”. “Através de Tarciso descobri o caminho da felicidade”, diz Arimatan.

Do Teatro Extremo de Portugal, Fernando Jorge Lopes, subiu ao palco para representar os grupos que participam do evento. “São dois universos unidos no festival, a arte e a língua portuguesa. Agradeço o convite”, diz.

O público lotou o Theatro 4 de Setembro e mostrou o quanto o evento é esperado pelos teresinenses. “Nossa expectativa é a melhor possível. Esperamos que o público absorva a programação. As pessoas costumam cobrar a realização do Festluso. O objetivo vai sendo atingido à medida que as companhias de teatro vão tomando conhecimento do festival, que hoje ganhou uma repercussão grandiosa. O Festluso dá visibilidade ao Piauí no mundo. O mundo sabe que aqui temos teatro de qualidade", resume o coordenador do grupo Harém e do festival, Francisco Pellé.

Programação

Nesta terça-feira (25) tem “Os sapatos que deixei cair pelo caminho”, de Cubatão-SP. O espetáculo tem início a partir das 20h30, no Theatro 4 de Setembro. Tem também a peça “Sobre borboletas”, com o grupo de Teatro Procópio Ferreira, de Teresina, a partir das 23h, no Teatro Estação.

No Espaço Cultural Trilhos haverá vários shows. Hoje (25) é a vez de Gonzaga Lu e amanhã (26) tem o conjunto Roque Moreira, logo após a programação do Teatro Estação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário