terça-feira, 21 de maio de 2013

ABRIGO SÃO LOUCAS PARTICIPA DE FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO CÔMICO





 O Grupo Harém de Teatro, com seu novo espetáculo foi convidados e selecionado para participação na 18º Festival Internacional de Teatro Cômico Damaia, em Porto-Portugal, no período de 22 a 29 de setembro de 2013.
O Festival é uma iniciativa da Câmara Municipal da Maia com direção artística e produção do Teatro Art'Imagem.
Diariamente, durante 10 dias há animação de rua, espetáculos no Grande Auditório, com capacidade para 700 lugares, e Café-Teatro, para 150 pessoas. Ao fim-de-semana há espetáculos dirigidos às crianças.
O teatro cômico é apresentado em todas as suas dimensões e disciplinas: a comédia, o teatro de rua, a mímica, a animação, stand-up comedy, musical, o novo circo, marionetas e fantoches, café-teatro, o clown e traz à cidade da Maia de 25 a 30 companhias, para mais de 10 mil espectadores.
No Festival, além de companhias portuguesas, já participaram companhias vindos de países tão diferentes como a Espanha (nomeadamente Galiza, Madrid, Catalunha, Leão e País Basco), França, República Checa, Itália, Bélgica, Suíça, Inglaterra, Canadá, Estados Unidos, Argentina, Brasil, Cabo Verde, Alemanha, Australia, etc.
ABRIGO SÃO LOUCAS é um texto que repercute o desenredo de três Marias (Maria de Castro, Maria Fernanda e Maria Francisca) que revivem as memórias de tempos áureos (à sombra das administrações de seus maridos, chefes do poder executivo local), enquanto o preparam o primeiro encontro de ex-primeiras damas. O texto tragicômico, não só é inteligente, mas venal quando o assunto é político para refletir os velhos costumes da sociedade brasileira de política fisiológica, nepótica e de cultura de prevaricação.
A dramaturgia regida pela picardia, ironias e inteligência dramáticas, ao humor garimpado reafirma o discurso hareniano de atrair a atenção para o homem brasileiro no centro da cena. A peça é de entretenimento e crítica reflexiva ilustrada à cena distanciada, sendo de linguagem de comédia política absurda e é um inventário popular da política piauiense, que não deixa de ser a brasileira, nos últimos 50 anos, onde espectadores identificarão situações vividas pela sociedade.
O espectador tem a chance de conferir o espetáculo, dia 23 de maio, às 20h, no Teatro do Boi e dias 29 e 30/05, às 20h, no Theatro 4 de Setembro.
Produção Teresina
Francisco Pellé
86-8851-2935/9406-2842

Nenhum comentário:

Postar um comentário