domingo, 14 de novembro de 2010

FestLuso 2010 abre nesta segunda-feira com a consagrada “Raimunda Pinto”

Festival segue até o dia 21 com programação inteiramente gratuita.

A partir desta segunda-feira (15), Teresina se torna a capital mundial da lusofonia. A 3ª edição do FestLuso – Festival de Teatro Lusófono – traz à cidade artistas de 6 países da comunidade lusófona para dias de intensos debates e grandes espetáculos. A abertura do festival acontece a partir das 19h, no Espaço Osório Júnior, seguida da apresentação do espetáculo “Raimunda Pinto, Sim Senhor!” no Theatro 4 de Setembro.


Foto: Tainá Azeredo


Há 18 anos em cartaz, a premiada peça do Grupo Harém de Teatro, escrita pelo dramaturgo piauiense Francisco Pereira da Silva, é uma das obras do vestibular da Uespi deste ano. Logo depois de “Raimunda Pinto”, acontece a estreia do espetáculo “Ângela”, no Teatro Estação, seguido pelo show das bandas Batuque Elétrico e Os Olivêra no Espaço Cultural Trilhos.


Foto: Tainá Azeredo


Além de espetáculos nos teatros 4 de Setembro, Estação e João Paulo II, a programação do FestLuso 2010 conta com oficinas, shows e é palco para a realização do 2º Encontro Internacional Sobre Políticas de Intercâmbio. O evento vem dar continuidade ao encontro realizado em Coimbra em dezembro de 2009 e mantém como objetivo principal: estimular o diálogo entre agentes culturais e instituições oficiais quanto à concepção, à planificação e à concretização das políticas de intercâmbio cultural no seio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Uma das atrações mais esperadas dessa edição é o show do cantor Jorge Mautner com um dos maiores guitarristas do Brasil, Nelson Jacobina. Na última semana, a coordenação do FestLuso viu-se obrigada a cortar 60% de sua programação por conta da retirada do apoio do governo do Estado e a apresentação seria cancelada. Ao saber da situação do festival, os músicos se disponibilizaram a vir mesmo sem os recursos garantidos e se apresentarão com a banda Validuaté no sábado (20), no Espaço Trilhos. O novo espetáculo de Lucélia Santos, “As Traças da Paixão”, que faria a abertura do evento, teve de ser substituído pelo mesmo motivo.

Patrocinado pela Oi e com apoio cultural do Instituto Oi Futuro, o FestLuso 2010 coloca à disposição do público toda a sua programação, que pode ser consultada no www.festluso.blogspot.com, com entrada franca. O festival conta ainda com apoio do Ministério da Cultura, Funarte e Siec.


Sobre o Oi Futuro

O Oi Futuro tem a missão de democratizar o acesso ao conhecimento para acelerar e promover o desenvolvimento humano. O principal foco das ações do instituto de responsabilidade da Oi é a promoção de um futuro melhor para os brasileiros, reduzindo distâncias geográficas e sociais. Os programas Oi Tonomundo, Oi Kabum! (escolas de arte e tecnologia), NAVE e Oi Novos Brasis atendem 600 mil crianças e jovens, desenvolvendo metodologias educacionais inovadoras, promovendo a inclusão digital e fornecendo conteúdo pedagógico para a formação de professores e educadores da rede pública. O Oi Conecta, um programa em parceria com o Governo Federal, leva banda larga a mais de 40 mil escolas públicas, beneficiando cerca de 26 milhões de alunos. Na área cultural, O Oi Futuro atua como gestor do Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, mantém dois espaços culturais no Rio de Janeiro (RJ) e um  em Belo Horizonte (MG), além do Museu das Telecomunicações nas duas cidades. O Oi Futuro apóia, ainda, projetos aprovados pela Lei de Incentivo ao Esporte. A Oi foi a primeira companhia de telecomunicações a apostar nos projetos sócio-educativos inseridos na nova Lei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário